Italiano - English - Português - Español

Alcaçuz

Glycyrrhiza glabra L.

Regaliz
Parte utilizada

Raiz.

Indicação

O alcaçuz utiliza-se tradicionalmente como antitússico, mucolítico e expetorante, uma vez que aumenta a secreção do muco na traqueia.

Também como tratamento para as úlceras gástricas. Por outro lado, tanto os extratos aquosos como os polissacarídeos isolados da raiz do alcaçuz inibem a aderência à mucosa estomacal de Helicobacter pylori, uma das principais causas da úlcera gástrica. Os referidos polissacarídeos inibem também a aderência de Porphyromonas gingivalis, bactéria presente nas doenças periodontais. O extrato do alcaçuz demonstrou ainda ter uma atividade antiaderente contra a Campylobacter jejuni, bactéria que origina diarreias e outras infeções intestinais.

Outra propriedade é a anti-inflamatória, demonstrada em vários modelos experimentais.

Propriedades

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou a sua utilização tradicional para o tratamento de sintomas digestivos. Também como expetorante nos casos de tosse associada a constipações.

A ESCOP (Cooperativa Científica Europeia de Fitoterapia) amplia estas indicações, aprovando a sua utilização como coadjuvante no tratamento de úlceras e gastrites. Também como expetorante em constipações e catarros brônquicos.

PRODUCTOS DESTACADOS

PRODUCTOS DESTACADOS