Italiano -English - Português - Español
Revolution Slider Error: Slider with alias slider-mobile not found.
Maybe you mean: 'home-slider'

Alecrim

Rosmarinus officinalis L.

Compartir en:

Romero
Parte utilizada

Folha seca.

Indicação

De acordo com a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e a ESCOP (Cooperativa Científica Europeia de Fitoterapia), os preparados da folha de alecrim e o óleo essencial são utilizados por via oral no tratamento sintomático de transtornos digestivos, sobretudo devidos a deficiências do fígado e da bílis, assim como no caso de espasmos leves do trato gastrointestinal. Por via externa, é utilizado como coadjuvante no tratamento de doenças reumáticas, nevralgias e alterações circulatórias periféricas, quer seja diretamente, na sua decocção ou no seu óleo essencial. Também é utilizado para favorecer a cicatrização de feridas e como antissético suave.

Na medicina popular, a essência de alecrim é utilizada como estimulante do couro cabeludo. Frequentemente é utilizado como conservante e antioxidante.

Propriedades

A folha de alecrim tem, fundamentalmente, ação colerética (ativa a produção da bílis) e colagoga (facilita a expulsão da bílis retida na vesícula biliar), protetora do fígado e anti-inflamatória. Os seus extratos exercem uma poderosa atividade antioxidante, comparável a alguns antioxidantes sintéticos.
O óleo essencial, por via tópica, tem ação estimulante da circulação. É um bom antiespasmódico e anticonvulsivo, para além de ser eficaz como antibacteriano e antifúngico contra um amplo número de microrganismos.