Italiano -English - Português - Español

Groselha preta

Ribes nigrum L.

Compartir en:

Grosellero negro
Parte utilizada

Folha seca. Também são utilizados os frutos e o óleo obtido das suas sementes.

Indicação

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou a utilização tradicional das folhas para o alívio das dores articulares leves e para aumentar a eliminação da urina no caso de infeções urinárias leves.
A ESCOP (Cooperativa Científica Europeia de Fitoterapia) especifica também a sua utilização como coadjuvante no tratamento de doenças reumatológicas.

O fruto é utilizado para a fragilidade capilar, varizes, hemorroidas, flebite, retinite pigmentária, miopia progressiva e arteriosclerose. Os frutos da groselha preta são utilizados também na alimentação e na preparação do licor de cássis.

Também se pode utilizar em óleo, no caso de colesterol alto, para a prevenção da aterosclerose, síndrome pré-menstrual e na menopausa.

Propriedades

Tradicionalmente é atribuído às folhas um efeito anti-inflamatório e diurético. A atividade anti-inflamatória deve-se aos flavonoides e sobretudo às proantocianidinas que contém.

O fruto é utilizado pelo seu efeito vasoprotetor. Os rebentos são utilizados como diuréticos e antisséticos, atividades devidas sobretudo ao seu conteúdo em óleo essencial.
Tanto os frutos como as folhas e os rebentos apresentam uma elevada atividade antioxidante.