Italiano -English - Português - Español
Revolution Slider Error: Slider with alias slider-mobile not found.
Maybe you mean: 'home-slider'

Menta

Mentha piperita L.

Compartir en:

Menta
Parte utilizada

Folhas secas, inteiras ou cortadas.

Indicação

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou as seguintes indicações terapêuticas: tratamento dos transtornos digestivos, como dispepsia (transtorno da digestão que aparece após as refeições e cujos sintomas mais frequentes são náuseas, sensação de enfartamento e dores de estômago, ardor e flatulência) e flatulência (gases). Utilização do óleo essencial por via oral, para o tratamento sintomático de transtornos digestivos, tais como espasmos leves, dispepsia, flatulência e dor abdominal, e por via externa para o alívio sintomático das dores de cabeça suaves.

Propriedades

A folha de menta tem uma ação espasmolítica (para aliviar ou acalmar os espasmos) direta sobre a musculatura do trato digestivo, colerética (ativa a produção da bílis na função hepática) e carminativa (favorece a expulsão dos gases). Estas ações devem-se sobretudo ao óleo essencial, o qual exerce um efeito descongestionante nasal e expetorante, antipruriginoso, antirreumático e antibacteriano. A essência, aplicada por via tópica, produz uma ligeira analgesia. O extrato aquoso da folha de menta demonstrou uma atividade significativa contra diversos vírus.